Luminares

Astrologia Karmica e Auto-conhecimento.

Informações

Paulo Alves

Licenciado em Ensino de Matemática e Ciências Naturais, especializou-se em Gestão de Bibliotecas. Exerceu como professor durante 20 anos.

Em 2010, mudou o rumo da sua vida. Fez formação em Reiki e viajou até à Índia, onde estudou Ayurveda e concluiu o “Yoga Teacher Training Course”.

É praticante de Yoga desde 1993 e de Xamanismo desde 2014.

Estuda astrologia desde 1992. Em 2013 concluiu o Curso de Astrologia Kármica com Dulce Regina.

Leitor. Pai. Amante da Natureza. Acredita que o Mundo gira sempre no sentido certo, apesar de todas as sombras.

Actualmente, vive no Porto Santo.

Contacto

Uma sessão é um momento especial onde lhe é dada a oportunidade para se conhecer melhor a si próprio. Se tiver questões pode consultar a secção abaixo ou entrar em contacto.

Fotografia Paulo Alves

"Da escuridão conduz-me à luz"

Mantra hindu

O que posso esperar de uma sessão?

A análise e interpretação do seu Mapa Astral Kármico pode ajudá-lo(a) a compreender e a libertar-se dos seus padrões kármicos, muitas vezes enraizados no seu subconsciente, e a despertar o seu potencial, de acordo com as conquistas da sua alma.

Esta sessão pode ser gravada num ficheiro áudio e enviada por email ou efectuada via Skype. Neste caso, envie um email com a hora que lhe for mais conveniente.

A análise do Retorno Solar e Trânsitos Planetários, pode ajudá-lo(a) a compreender e a enfrentar as energias planetárias durante um ano, a partir do seu aniversário. Neste caso, ser-lhe-á enviado um ficheiro áudio por email.

Qual é a duração da sessão?

Varia, algures entre uma hora a 90 minutos.

Qual é o preço de uma sessão?

Uma sessão tem o custo de 40€. 5% desse valor reverte a favor da Associação Acreditar. Por cada sessão será enviado um recibo via email.

Convém lembrar que uma sessão implica trabalho prévio de fazer e meditar sobre o seu mapa.

Em que dias e horário se pode marcar?

É necessário o espaço de, pelo menos, uma semana para agendar uma sessão. Ao entrar em contacto, indique o dia e hora que mais lhe convêm e farei o possível para corresponder à sua disponibilidade.

Que informações são necessárias?

A sua data, hora e local de nascimento. Convém indicar a hora de nascimento com a maior exactidão possível.

Pode também acrescentar as datas de nascimento de até 5 pessoas que lhe são próximas (pai, mãe, filhos, amigos, etc.), para saber quais os karmas pendentes nesses relacionamentos. Desta forma, poderá melhorar bastante ou entender melhor as relações com essas pessoas.

E se me esquecer da informação que vou receber?

A seu pedido, a sessão pode ser gravada em ficheiro áudio.

Bons recursos de leitura

Em construção

Secção por escrever.

Planetas em Astrologia

Saturno

Saturno é o Senhor do Tempo, o Senhor do Karma por excelência. A área do Mapa Astral onde se encontra Saturno é aquela em que sentimos maior responsabilidade kármica, é um ponto de grande sensibilidade que temos de enfrentar. Não podemos escapar aos desafios de Saturno. Quanto mais tentarmos escapar, maior será o sofrimento e a angústia, mais profunda será a cobrança. Sabemos que temos esse compromisso com Saturno, o de sarar as nossas feridas kármicas, resultando daí aprendizagens valiosas para a nossa alma. Essas aprendizagens devem então ser feitas com total entrega, com amor. E devemos perguntar-nos “Para quê?” e não “Porquê?”, “O que preciso de aprender com esta experiência?”, em vez de “Porquê eu?”.

Saturno não é um carrasco, é um “professor” exigente que nos obriga a amadurecer, a perseverar; ele cobra-nos a concretização e a realização. Se nos entregarmos com sinceridade e responsabilidade aos seus desafios, ele poderá ser o nosso maior aliado para nos libertarmos dos karmas.

Com os trânsitos de Saturno pelo nosso Mapa Astral, vamos sendo estimulados a enfrentar os nossos medos e a tomar contacto com a nossa essência; trabalhamos sobre o “aqui e agora”, sem complacência, sem ilusão. As conquistas alcançadas com Saturno podem ser lentas, mas sólidas.

Sol

No Mapa Astral Kármico, o Sol representa as experiências que o espírito traz de outras encarnações, o grau de consciência alcançado, a energia criadora. Todos temos de viver pelo menos uma vez em cada signo solar, acumulando as experiências dos doze signos. Enquanto não aprendermos as lições de cada signo, retornamos, usufruindo de uma nova oportunidade de crescimento espiritual.

O Sol representa o espírito, a verdadeira essência do indivíduo, o Eu superior. Mas representa também o pai.

No Mapa Astral Kármico, os aspectos do Sol com os planetas mostram de que forma vivenciamos o relacionamento com o pai. Mas esses aspectos funcionam também como um espelho das aprendizagens do espírito.

Lua

A Lua é a base da polaridade feminina, é uma das pedras angulares de qualquer Mapa Astral, a raiz da qual brotam todas as variações das fases passivas, receptivas e emocionais da personalidade.

A Lua representa o arquivo das emoções da alma, a memória emocional kármica, a mãe. Segundo o seu grau de aflição, a Lua pode também indicar karma com as mulheres, com a energia feminina.

Quando começamos a trabalhar sobre os nossos karmas, libertando-nos para atingirmos o Dharma, é pela Lua que devemos começar, pela nossa relação com as memórias kármicas, com a concepção, com as emoções no útero materno e na relação com a nossa mãe.

Mercúrio

Mercúrio é o planeta da comunicação e da mente. É a presença.

Os aspectos harmoniosos de Mercúrio no Mapa Astral Kármico indicam uma boa utilização da energia mental, a capacidade de concentração, de diálogo, de transmitir conhecimento em benefício de todos, de materializar tudo aquilo em que se pensa.

Por outro lado, os aspectos desafiadores de Mercúrio podem revelar karma de comunicação, a má utilização da energia mental, depressão, a utilização da energia mental em benefício próprio, a negatividade no pensamento.

Todos estes aspectos podem ser analisados à luz do karma. Podemos corrigir acções de vidas passadas que hoje sentimos necessidade de equilibrar ou podemos tomar consciência da boa utilização da energia da mente, e continuar a encaminhá-la em benefício de todos.

Vénus

Vénus é o planeta do amor, da arte, dos afectos e da harmonia.

No Mapa Astral Kármico, os aspectos desafiadores de Vénus com outros planetas podem indicar karma de sedução, de amor ou de abandono, podem revelar em que áreas de vidas passadas utilizámos mal a energia do amor e ajudar-nos a compreender as nossas dificuldades de relacionamento na vida actual (inclusivamente, questões de falta de auto-estima).

Quando Vénus está em trânsito pelo nosso Mapa Natal, harmoniza tudo aquilo em que toca (harmoniza toda a energia dos planetas com que faz conjunção).

Marte

Marte é o planeta da acção, da coragem, da energia física e da liderança. Mas também da agressividade, da impaciência e da impulsividade. Os aspectos de Marte no Mapa Astral Kármico indicam de que forma usamos estas energias, que podem estar associadas a karma de agressividade, quando esses aspectos com outros planetas, ou com o Sol, revelam algum conflito (essencialmente, em quadratura ou oposição).

Os trânsitos de Marte pelo nosso Mapa podem trazer-nos o ímpeto para a acção; ou a impulsividade, irritação e perda de energia física. As consequências da utilização inadequada da energia de Marte podem ser disruptivas, levando a diversos tipos de conflito. Por outro lado, se a energia de Marte for bem utilizada, podemos conseguir progressos ou iniciar projectos que serão levados a bom porto.

Júpiter

Júpiter é o planeta da expansão, da fé, da Filosofia, da protecção e das grandes viagens (físicas e espirituais). Mas também dos excessos.

Júpiter é muitas vezes apelidado de “o grande benévolo” mas, na verdade, a sua função é a de nos despertar para o nosso potencial. Júpiter é como o amigo que nos mostra que temos qualidades, que nos faz ver as oportunidades de crescimento nas diferentes fases da nossa vida, ainda que por vezes estas nos pareçam difíceis ou intransponíveis. Mas, tal como certos amigos, Júpiter pode também iludir-nos, fazer-nos sentir maiores do que realmente somos, levar-nos a cometer excessos, levar-nos ao orgulho e à ambição desmedida.

Com os aspectos de Júpiter no Mapa Astral, podemos tomar consciência do potencial da nossa vida, bem como dos excessos cometidos em vidas passadas, que temos oportunidade de equilibrar.

Quíron

Quíron no Mapa Natal indica a área em que nos sentimos frustrados, obrigando-nos a sermos aquilo que realmente somos, a fazer a ponte entre a responsabilidade material e a transcendência. Com o retorno de Quíron, que ocorre cerca dos 50 anos de idade, estamos prontos para cruzar essa ponte. Mas este caminho não se faz da noite para o dia, a sua preparação deve ser feita ao longo de todos os anos anteriores.

A casa e o signo em que Quíron se encontra no nosso Mapa Natal revelam as nossas feridas e todo o potencial de cura. Quíron é uma chave importante para transcendermos o karma.

Urano

Urano é o planeta da liberdade, da fraternidade, da intuição e do altruísmo. É o planeta da clarividência. Mas, em aspectos desafiadores com outros planetas, pode estar associado a karma de rompimentos, à impulsividade, egocentrismo e sobranceria. Urano é o rebelde.

Urano em trânsito pelo nosso Mapa Natal, liberta-nos do karma, dos padrões rígidos que o nosso espírito foi acumulando ao longo de diversas vidas. É tempo de grande renovação interna.

Urano é outro dos planetas transpessoais, influenciando povos e gerações, o colectivo. A sua energia, quando mal utilizada, pode dar origem à anarquia e a grande destruição. Quando é bem dirigida, pode ser muito libertadora, pode trazer grandes revoluções, inovação tecnológica e grandes descobertas científicas. Certo é que ninguém fica indiferente aos impulsos de mudança trazidos por este planeta.

A maior lição a aprender com Urano é “flexibilidade”.

Neptuno

Neptuno em trânsito pelo Mapa Natal dissolve velhos padrões, sensibiliza e espiritualiza. Ele suaviza as emoções enraizadas no nosso espírito, dando a oportunidade de harmonizar a vida. Mas também pode levar à fuga da realidade, à confusão e à ilusão, pode criar uma névoa sobre a nossa percepção.

Sendo um planeta transpessoal, Neptuno influencia gerações e comunidades, dando origem ao crescimento espiritual dessas gerações e países, ou trazendo fraudes, o abuso de drogas, o surgimento de certas utopias e de falsos profetas.

Para fazermos uma verdadeira aprendizagem através de Neptuno, devemos centrar-nos na busca de respostas internas. A meditação pode ser uma óptima ferramenta para se potenciarem essas aprendizagens.

Plutão

Sendo um planeta transpessoal, Plutão está mais associado a karmas colectivos do que a karmas individuais, mas isso não quer dizer que estamos desresponsabilizados dos karmas relacionados com este planeta. Como povo, como colectividade e como cidadãos, todos temos influência no que se passa à nossa volta. O trânsito de Plutão por um signo, influencia a geração. Quando transita por uma casa do seu Mapa Astral, a influência de Plutão é individual.

Plutão está associado ao Poder, à obsessão, tanto a nível individual como geracional. Os aspectos de Plutão no nosso Mapa Astral indicam de que forma usámos o Poder em vidas passadas.

Os trânsitos de Plutão podem não ser perceptíveis, mas as transformações ao nível do inconsciente que daí resultam são muito profundas. Plutão transmuta o karma, trazendo à superfície aquilo que realmente somos. Ele destrói para construir. Com Plutão em trânsito pelo nosso Mapa Natal, é necessário abandonarmos certos controlos, o apego, e aprendermos a flutuar no Universo, como se nos entregássemos à água. Quando nos entregamos à água, ela sustém-nos; se lutarmos contra ela, afogamo-nos. Essa é a principal aprendizagem a fazer com Plutão. “Surrender”.